Lima & Santana Propaganda

James Franco responde acusações de exploração sexual e diz que o tema foi colocado à tona para obter publicidade

Agência de Propaganda em Santos

Foto: Redrodução

Desenvolvimento de Sites em Santos - James Franco foi acusado de exploração sexual por duas estudantes de sua já extinta escola de teatro, Sarah Tither-Kaplan e Toni Gaal. O ator, no entanto, parece estar disposto a mostrar o seu lado da história e provar que as alegações das mulheres são falsas.

Rádio Interna - De acordo com a revista People, James Franco entrou com uma ação judicial de objeção às acusações, e em documentos obtidos pela publicação, disse que Tither-Kaplan e Gaal estavam sedentas por atenção:

Propaganda em Santos - Enquanto as alegações indecentes das denúncias tenham feito muito barulho nos tabloides, elas são falsas e inflamatórias, sem base legal e trazidas à tona de forma inapropriada para obter o máximo de publicidade possível.

Desenvolvimento de Sites em Santos - Os documentos disseram, ainda, que as acusações tem como objetivo destruir a reputação de Franco:

Portifolio - Esse processo legal é uma farsa da justiça e o ponto culminante de uma campanha sem mérito que marcou injustamente a reputação dificilmente conquistada de um homem decente.

Procura-se ADM/Tráfego - Sarah Tither-Kaplan revelou, em 2018, que havia sido explorada sexualmente por Franco e seus sócios durante as gravações do longa The Long Home, quando seguranças saíram do local durante as gravações de uma cena de sexo oral. O ator, no entanto, disse nos documentos oficiais que a atriz sempre expressou gratidão por estar envolvida no projeto e estava ciente, desde o início, das cenas de nudez.

Fonte: https://novo.folhavitoria.com.br/entretenimento/noticia/03/2020/james-franco-responde-acusacoes-de-exploracao-sexual-e-diz-que-o-tema-foi-colocado-a-tona-para-obter-publicidade