Lima & Santana Propaganda

próximo ao fim do ano, Anitta sofre processo e tem publicidade tirada do ar

Agência de Propaganda em Santos

Papa Saneamento - Mal passou o Natal, e a cantora Larissa de Macedo Machado, mais conhecida pelo nome artístico Anitta, foi envolivida em mais uma polêmica em 2019. O DJ Polyvox tornou público, em comunicado para a imprensa, que está movimentando uma ação contra a artista, a marca Ambev e a produtora Kondzilla.

Acusação é de uso indevido do movimento

Portifa - Polyvox os acusa de utilizar indevidamente o movimento 150 BPM. A Cervejaria Ambev, responsável pela Skol Beats, comunicou ao portal UOL que nunca se associou a qualquer marca ou pessoa de forma indevida.

Sejam bem-vindos, - Após a bebida ter sido lançada, segundo o DJ, vinculada de forma errada com a imagem de Anitta, a produtora musical deu o pontapé inicial nos processos jurídicos. Ele entende que as partes estão lucrando em cima de um ‘produto intelectual’ de sua criação.

Anúncio ocorreu em setembro

Portifolio - No mês de setembro deste ano, o produto foi anunciado pela Skol como inovação e criatividade da marca Beats. O artista afirmou que foi o autor do movimento 150 BPM, que surgiu há alguns anos.

Contato - Ele ainda disse que passava por uma fase de depressão e desespero e que havia perdidos os seus registros de mídia. O cantor relatou que escutou seu filho batendo repetidamente uma garrafa da Coca-Cola e que, inicialmente, odiou aquele som. No entanto, se atentando ao barulho de forma mais sensível, percebeu que o ritmo poderia dar à luz a uma obra de arte musical.

Sejam bem-vindos, - O DJ contou que captou aquela sequência, interpretou qual seria o compasso, e mixou com os seus instrumentos, dando origem ao funk com cento e cinquenta batidas por minuto. O intérprete expôs que, diante do sucesso da obra, ele ficou conhecido por sua criação. Na última sexta-feira, a divulgação da 150 BPM foi retirada do ar por decisão de um desembargador.

Fonte: https://www.tvprime.com.br/noticia/20371/celebridades/bomba-proximo-ao-fim-do-ano-anitta-sofre-processo-e-tem-publicidade-tirada-do-ar-28122019