Lima & Santana Propaganda

YouTube testa venda direta de anúncios com alguns criadores de conteúdo

Agência de Propaganda em Santos

Tudo sobre

Feitiço para empresa ganhar dinheiro - YouTube



Simpatia para atrair dinheiro e sorte para empresa - Saiba tudo sobre YouTube

Magia para empresa voltar lucrar - Ver mais


Lima & Santana Propaganda – Agência de Propaganda em Santos - Um dos assuntos mais discutidos na comunidade de usuários do YouTube é sobre as políticas de monetização na plataforma. Para acalmar os ânimos, a plataforma de vídeos do Google começou a testar um programa-piloto que permite aos criadores vender espaços de anúncios em seu conteúdo diretamente para marcas com as quais já trabalham regularmente.

Empresa de Publicidade - O experimento por enquanto vem sendo realizado junto a um número extremamente limitado de pessoas e funciona apenas para os acordos entre os produtores e empresas que possuem um histórico de relacionamento. A novidade foi revelada em um vídeo distribuído em janeiro e somente divulgado nesta quinta-feira (27).

Criação de Aplicativos em Santos - “Basicamente, isso significa permitir que um criador venda anúncios diretamente para uma marca. Sabemos que muitas pessoas estão muito interessadas neste tópico, por isso é um piloto muito pequeno agora, mas como temos mais informações, definitivamente vamos compartilhá-lo o mais rápido possível”, adiantou o diretor de gerenciamento de produtos do YouTube, Tom Leung.

Rádio Interna - Ainda não há muitos detalhes sobre os acordos, e as diretrizes provavelmente terão que passar pela aprovação da Federal Trade Comission (FTC), agência estadunidense que regula o mercado e também atua na defesa do consumidor. Entre os grandes temores, estão o uso de brechas nesse teste para situações de divulgação que sejam redundantes e apenas favoreçam as parcerias, em detrimento da qualidade do conteúdo — por exemplo, por que veicular anúncios em um vídeo que já está mostrando amplamente o mesmo produto ou serviço?

Solução é algo requisitado por criadores há muito tempo

Projeto de Estandes - O controle sobre os anúncios exibidos em seus vídeos é algo que criadores pedem há muito tempo, principalmente para poder definir melhor suas estratégias de publicidade. Atualmente, as diretrizes do YouTube permitem algumas regalias somente aos seus principais astros, que costumam capitalizar suas receitas com anúncios e com as taxas mais altas de audiência, quantificadas a cada 1 mil espectadores — é claro que as marcas também têm que concordar que o conteúdo seja favorável aos seus propósitos.

Magia para empresa voltar lucrar - Anúncios no YouTube continuam sendo um grande negócio para o Google, que obteve mais de US$ 15 bilhões com essa frente em 2019. Contudo, as políticas de publicidade, o comportamento dos usuários e a própria plataforma não continuam as mesmas por muito tempo, o que obriga os criadores a mudarem suas estratégias constantemente — e depender apenas dos anúncios para monetizar pode ser complicado.

Serviços Online - À medida que surgem novas barreiras, outras áreas crescem, como a monetização alternativa, a exemplo do Super Chat, que permite cobrar dos fãs um dinheirinho em lives, bem como os acordos de marca, nas quais produtores fazem parcerias para distribuir publicidade direta em forma de códigos promocionais, além de outras ações, incluindo cobertura de eventos com assuntos específicos — como fez o youtuber David Dobrik com a plataforma de ingressos SeatGeek.

Sejam bem-vindos, - Não está claro quantos criadores de conteúdo fazem parte do novo programa, e se o YouTube o expandirá essa iniciativa nos próximos meses.

Fonte: The Verge  

Gostou dessa matéria?

Propaganda em Santos - Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte: https://canaltech.com.br/publicidade/youtube-testa-venda-de-direta-de-anuncios-com-alguns-criadores-de-conteudo-161101/